sexta-feira, 31 de outubro de 2008

... Na sala de reuniões


… Percebendo o meu embaraço em enfrentar o Pai dele depois de termos estado sozinhos no gabinete, continuou a mostrar me as restantes instalações para me dar algum tempo. Fiquei deliciada com a sala de reuniões, uma mesa enorme, 7 m talvez….. o que me havia de passar pela cabeça… fazermos amor naquela mesa….olhei para ele os olhos dele sorriram, pensamos o mesmo, mas não era altura ideal para isso. Sozinhos naquele espaço todo durante seis meses (só com a dona L. a senhora simpática que está na recepção) como iríamos trabalhar? Será que fiz bem aceitar a proposta? Quando o pai dele regressar ele vai para Itália e depois como vai ser? Depois vê se ….agora estava na hora de me despedir e regressar ao piso 8. Ele acompanhou me até ao elevador e disse me ao ouvido “ está atenta aos e-mails”. Passei o resto da tarde acertar com o meu chefe os pormenores da minha mudança, tinha de ficar mais dois dias no piso 8 . Na hora de sair chegou um e-mail da administração, era dele e dizia “fiquei sozinho, vem… quero te” fiquei arrepiada de excitação. Subi ao piso 12, bati à porta, foi ele que veio abrir, meu coração como sempre que estou com ele pôs se aos pulos, deu me a mão e levou me à sala de reuniões, encostou me aquela mesa enorme e começou a beijar me docemente, sem pressas, foi me tirando a roupa, deitou me na mesa , sua boca deslizava suavemente pelo meu corpo provocando me pequenos e deliciosos choques eléctricos que me faziam deslizar pela mesa, enlouqueci quando me acariciou e sorveu o clítoris e gemi sem reservas….depois….. ajoelhei me em frente a ele beijei o e fui despindo o . beijei o seu pescoço, o seu peito, tirei lhe as calças, o seu sexo já estava demasiado agitado, fui descendo pelo seu ventre…ele gemeu … sentou se pediu para me sentar no colo dele , sentei e fiz lo entrar dentro de mim, ele voltou a gemer e me sussurrou ao ouvido “ é bom sentir o teu calor “ , isso me excitou ainda mais , as minhas ancas baloiçaram suavemente enquanto eu o olhava e ia vendo a transformação na cara dele da sensação que ele estava sentindo, fui acelerando…. acelerando…..acelerando ele fechou os olhos e gemeu de prazer , depois inclinei me um pouco para traz e ainda com ele dentro de mim acariciei meu clítoris e me vim com ele a olhar para mim deliciado… deitamo-nos de lado em cima da mesa, bem juntinhos e adormecemos…..

8 comentários:

Anónimo disse...

Será que vão ser apanhados? :o

E o pai? Já foi embora? Será que se esqueceu de algo na SALA de REUNIÕES :p

Continua, estou rendida à tua história desde o primeiro post ;)

Beijinhos,
Li

Patrícia disse...

Poix... mas pelos vistos nem correu mal. Senão teriamos novo post sobre como fomos apanhados! :) Felicidades felina, vais viver a história da tua vida!

VERTIGO disse...

Será que alguém viu eles entrando e estáespiando por uma brecha da porta? Será que vão utilizar todas as salas desse empresa depois do expediênte?? Seja o que for, é fogo aonde bombeiro não vem!!

Stranger disse...

hot, hot, hot, muuuuuito hot :D

f.a disse...

Nao há sitio que vos escape..que vontade!
Olha se a velhota,a Dona L. da recepção vos apanha,ainda sofre um ataque cardiaco ao ver as cenas.
Mas afinal o gajo é solteiro ou casado?

O Fantasma e o Anjo disse...

Beijo e abraço

Pekenina disse...

E vigilância? Não há vídeos na sala? Bem isto são só ideias a correr Felina. Parabéns pela história! Biju

Barbara disse...

Que expediente!!!

Ainda há quem se negue a fazer horas extras!!! Como é que é possível...

bjs barbaros