segunda-feira, 20 de outubro de 2008

... o primeiro beijo....


… enquanto pensava como me libertar daquele homem o que estava a ser cada vez mais difícil, foi me pedido quase na hora da saída para entregar uns documentos no piso 12. Lá fui eu a barafustar, inventam sempre trabalho na hora errada, ainda ia perder o autocarro. Saí no piso 12 e dei logo de caras com ele, como se estivesse à espera que eu chegasse. Evitei o seu olhar, cumprimentei o timidamente e segui em frente, ele barrou me a passagem dizendo que os documentos eram para ele. Alguém chamou o elevador, e enquanto estava a pensar se havia de esperar pelo elevador ou descer pelas escadas, ele prendeu me pela cintura, deixou cair os papeis, e beijou me intensamente. Fiquei sem forças nas pernas, comecei a flutuar e a ver luzinhas a andar a roda, fiquei em transe, não consegui retribuir, queria tanto aquele homem e agora não conseguia reagir, aquele beijo arrasou comigo, todos os meus sentidos ficaram descoordenados, ele deve ter percebido a minha confusão, falou qualquer coisa mas também eu já não o conseguia ouvir … aos poucos fui recuperando os meus sentidos e fui aproximando a minha boca da dele ......…e o inevitável aconteceu ali……. não no elevador como tinha fantasiado, mas no corredor do piso 12, foi rápido, desesperado mas foi intenso…….

2 comentários:

VERTIGO disse...

O melhor às vezes acontece inesperadamente....

Barbara disse...

Inesperado mas arrasador....
Até para quem lê!!

bjs barbaros